Um rottweiler foi amarrado ao carro do dono e arrastado por quarteirões na quarta-feira (2), em Piracicaba (160 km de São Paulo). O animal, que perdeu muito sangue, passa por cirurgia na tarde desta quinta-feira e pode ter de amputar uma pata.

A presidente da ONG Vira-Lata Vira-Vida, Miriam Miranda, afirmou que moradores da região conseguiram parar o carro para avisar o motorista, achando que o animal tinha caído. O homem, que ainda não foi identificado pela polícia e dirigia o carro de uma empresa, disse, segundo Miranda, que era o dono e não queria mais o animal.

“Ele estava determinado a só parar quando matasse o cão. As pessoas reagiram para não deixar, ele desamarrou o animal e fugiu”, disse Miranda. O rottweiler recebeu os primeiros atendimentos no Centro de Controle de Zoonozes da cidade, mas ficará sob a guarda da ONG até se recuperar.

Foi registrado um boletim de ocorrência de maus-tratos ao animal. A polícia ainda busca o agressor.
O presidente da Sociedade Piracicabana de Proteção aos Animais, Luis Américo Chittolina, informou que vai procurar a Promotoria para fazer uma representação contra o proprietário do rottweiler.

“Queremos que a lei seja cumprida. Uma atitude dessas não pode ficar impune”, afirmou.

Fonte: Folha.com