Os médicos que cuidam de Ricardo Gomes no Hospital Pasteur, na Zona Norte do Rio de Janeiro, reuniram-se na manhã desta quarta-feira para passar novas informações sobre o quadro do treinador. E, mais uma vez, as notícias foram boas. Os sedativos foram retirados, e o comandante vascaíno já está respondendo aos primeiros contatos. Segundo os médicos, ele esboça movimentos de ambos os lados do corpo, sendo o esquerdo muito mais do que o direito, que foi afetado. O risco de morte, no entanto, ainda existe, embora tenha diminuído consideravelmente.

Fonte: G1