O torcedor corintiano Douglas Silva, 27, desaparecido desde o último sábado (27), foi encontrado morto no rio Tietê, em São Paulo, na noite desta segunda-feira(29).
Em entrevista ao “Brasil Urgente”, da TV Bandeirantes, a família do jovem acusou integrantes da torcida uniformizada do Palmeiras, a Mancha Alviverde, de terem o agredido Silva e jogado o corpo no rio.

De acordo com o primo da vítima, ele teria se envolvido em um confronto entre torcidas organizadas na noite de sábado(27), após sair de casa dizendo que iria para a quadra da Gaviões da Fiel. Uma briga entre as torcidas de Palmeiras e Corinthians estaria marcada para aquela noite.
O corpo foi encontrado às 18h desta segunda(29), e a ocorrência está sendo investigada pelo 28º DP (Freguesia do Ó).

Douglas Silva, de 27 anos, se envolveu em uma briga entre torcidas organizadas no final da noite de sábado (27). Reprodução: TV Globo

Fonte: Site Santa Rita