Hoje a equipe do Google Analytics me mandou um email informando mudanças na forma de divulgar os dados dos site:

1. Introdução

Bem-vindo ao primeiro volume do boletim informativo de comparativos de mercado do Google Analytics.

Este mês, estamos substituindo o Relatório de comparativo de mercado padrão em sua conta do Google Analytics por dados compartilhados neste boletim informativo. Estamos usando este boletim informativo como uma experiência para oferecer dados mais úteis ou interessantes aos usuários do Google Analytics. Os dados aqui contidos são coletados de todos os websites que ativaram o compartilhamento anônimo de dados com o Google Analytics. Somente os administradores de websites que ativaram esse compartilhamento anônimo de dados receberão o boletim informativo de comparativos de mercado.
Você deve estar se perguntando: quantos websites há nesse grupo de “compartilhamento anônimo de dados”? No momento há centenas de milhares deles, e nos esforçamos para fazer com que as métricas aqui sejam estatisticamente significativas.
O período de comparação para este boletim informativo é de 1º de novembro de 2010 a 1º de fevereiro de 2011. A comparação é realizada com base nos dados de 1º de novembro de 2009 a 1º de fevereiro de 2010. Não são informadas as métricas absolutas, como o número total de visitantes, as visualizações de páginas ou as conversões de todos os websites que ativaram o compartilhamento.
Para simplificar, a palavra “websites” representará “os websites que ativaram o compartilhamento anônimo de dados com o Google Analytics” no restante deste boletim informativo.

2. Métricas do site

Em comparação com um ano atrás, os websites apresentaram uma redução de páginas por visita, tempo médio no site e taxa de rejeição.

1/11/09 – 1/2/10 1/11/10 – 1/2/11 Diferença
Páginas por visita 4,9 4,5 -0,4
Taxa de rejeição 48,2% 47,0% -1,2%
Tempo médio no site 5:49 5:23 -0:26

2.1 Detalhamento por região geográfica

Nosso banco de dados anônimos agregou detalhamentos geográficos no nível do país. Veja alguns países representativos e suas respectivas métricas agregadas. O primeiro número em cada célula representa a métrica para o período de 01/11/10 a 01/02/11. O número entre parênteses é o delta anual comparado com um ano atrás.

País Páginas por visita Taxa de rejeição Tempo médio no site
Estados Unidos 4,7 (-0,1) 42,5% (-6,1%) 6:06 (-0:10)
Reino Unido 4,9 (-0,3) 41,5% (+0,2%) 5:38 (-0,27)
França 4,4 (-0,4) 49,7% (+1,4%) 4:40 (-0:08)
Brasil 4,1 (-0,1) 47,8% (-2,9%) 5:20 (+0:03)
China 4,1 (-0,1) 58,2% (+1,0%) 3:46 (+0:37)
Japão 3,9 (-0,1) 48,6% (-9,0%) 3:47 (-2:59)

Para a taxa de rejeição, a distribuição por pais é indicada abaixo:
A distribuição acima é anotada com alguns países, que parecem indicar um histórico de lazer e um estágio de desenvolvimento econômico. Para uma métrica relacionada: tempo médio no site, a distribuição por país está descrita no gráfico abaixo: Os tipos de países que constam no gráfico de tempo no site acima parecem estar em ordem inversa em relação aos que constam na distribuição da taxa de rejeição.

2.2 Detalhamento por origens de tráfego

As origens de tráfego abaixo são identificadas pela forma como os servidores de coleta do Google Analytics recebem os parâmetros “origem” e “mídia”. Leia este artigo que descreve a que se referem esses termos.

Origens de tráfego Páginas por visita Taxa de rejeição Tempo médio no site
Direta 4,0 (-0,5) 47,2% (-4,0%) 5:21 (-0:07)
Referência 5,0 (+0,1) 43,1% (-1,1%) 6:36 (-1:48)
Pesquisa orgânica 4,9 (-0,1) 47,9% (-1,1%) 4:43 (+0:06)
Pesquisa de CPC (custo por clique) 5,6 (+0,0) 41,4 (-1,7%) 3:57(+0:07)

2.4 Distribuição da taxa de conversão

A métrica favorita de vários profissionais do marketing é a taxa de conversão. Veja a distribuição global da taxa de conversões de meta do Google Analytics por país.

Alguém teria imaginado que os países conhecidos pelas conversões também possuem uma taxa de conversões de meta alta por parte de sua população? Para alguns países com baixa população, a relevância estatística da métrica de conversão é duvidosa.

3. Origens de tráfego

As origens de tráfego abaixo são identificadas pela forma como os servidores de coleta do Google Analytics recebem os parâmetros “origem” e “mídia”. Leia este artigo que descreve a que se referem esses termos.

Porcentagem de visitas das origens 1/11/09 – 1/2/10 1/11/10 – 1/2/11 Diferença
Direta 36,5% 36,8% +0,3%
Referência 21,0% 19,4% -1,6%
Mecanismos de pesquisa 27,0% 28,0% +1,0%
Outros 15,5% 15,8% +0,3%

4. Sistemas operacionais

Os navegadores e SOs (sistemas operacionais) estão identificados pela string “referenciador” enviada pelos navegadores dos usuários.

Porcentagem de visitas dos sistemas operacionais 1/11/09 – 1/2/10 1/11/10 – 1/2/11 Diferença
Windows 89,9% 84,8% -5,1%
Macintosh 4,5% 5,2% +0,7%
Linux 0,6% 0,7% +0,1%
Outros 5% 9,3% +4,3%

5. Comentários

Este é o primeiro volume de nosso boletim informativo de comparativos de mercado do Google Analytics. Esperamos que ele contenha informações úteis a você. Se você tiver sugestões ou comentários específicos sobre como melhorar este boletim informativo, envie-os para: analytics-benchmarking@google.com.

Boa análise, Equipe do Google Analytics